Energia Limpa e Acessível Cidades e Comunidades Sustentáveis Ação Contra a Mudança Global do Clima

Redução de emissão no Aterro Sanitário de Manaus

Metodologia:

ACM0001


Padrão:
MDL
Escala:
Grande-escala
Medidas Empregadas:
Produção de energia renovável, Captura e queima de metano

O projeto de carbono implementado no Aterro Municipal de Manaus - MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo) - consiste na coleta do gás de aterro e em seu aproveitamento para a geração de energia elétrica. A energia elétrica gerada pelo projeto substitui eletricidade que, na ausência do projeto seria gerada por meio da utilização de combustíveis fósseis. Dessa forma, o projeto promove a redução de emissões de GEE por meio da destruição do metano (CH4) presente no biogás e da produção de energia renovável.

Antes da implementação do projeto, o aterro Manaus não possuía controle adequado das águas superficiais e dos lixiviados. Tampouco possuía qualquer controle dos gases de aterro, oriundos da decomposição anaeróbica dos resíduos depositados. Além da redução de emissões de GEE, a queima do biogás promove melhoria da qualidade local do ar, o que beneficia a população no entorno do aterro. Ademais, foram minimizados o risco de incêndios e o de contaminação de águas subterrâneas.


Saldo disponível para compensações (tCO2e): 1.737,18